“Tudo Sobre Vincent” nos cinemas

TUDO SOBRE VINCENT

O Cineramabc lançou o primeiro filme vencedor do Prêmio de Distribuição Cineramabc. Em 2015, na 5a edição do Festival Internacional de Cinema em Balneário Camboriú, o longa francês ‘TUDO SOBRE VINCENT’ conquistou o prêmio que apoia a distribuição nacional de um longa-metragem da Competição Oficial. Programação completa no facebook da produtora facebook/cineramabc.

Sinopse: Vincent tem um poder extraordinário e por isso ele vive reservado para poder preservar seu segredo. Um dia ele é surpreendido por Lucie e se apaixona.

vincentstill01

(Vincent n’a pas D’écailles) / França, 2015, cor / Duração: 77 min. / Janela: 1.85 : 1 / Direção e roteiro: Thomas Salvador / Fotografia: Alexis Kavyrchine / Montagem: Guillaume Saignol / Produção: Julie Salvador / Empresa produtora: Christmas In July / Elenco: Thomas Salvador, Vimala Pons, Youssef Hajdi, Nicolas Jaillet, Nina Meurisse, Rémy Ventura, Philippe Xiberras, Claude Maurice, Simon Espigue, Amandine Rigaud e Tom Sebban.

Prêmios: Prêmio Henri Langlois – Révélation 2016, recebido das mãos do cineasta Volker Schlöndorff / Prêmio Especial do Júri e da Crítica no 5º Festival Cineramabc / Grande Prêmio do Júri no Festival du Film Indépendant de Bordeaux / Prêmio do público no Festival Internacional du film de La Roche-sur-Yon / Prêmio da Crítica e o Prêmio Novo Talento no Festival Cinema de Autor da Catalunya 

Participações: Festival Internacional de San Sebastián / Festival Internacional de San Francisco / Festival de Cinema de Sydney / Festival de Cinema de Varsóvia / Festival Internacional de Cinema de Autor de Barcelona / Festival Internacional de Vancouver / Festival Internacional de Seattle / Festival do Filme Francês de Bucareste / Festival Internacional de Dubai entre outros.

vincentstill02.jpg

CURIOSIDADES:

O roteiro

O roteiro foi escrito pelo próprio Thomas Salvador, com a colaboração de Thomas Bidegain e Thomas Cheysson. Bidegain escreveu roteiro para muitos filmes famosos, entre eles “O Profeta”, com o qual ganhou o prêmio César; “Ferrugem e Osso”; e “Dheepan: O Refúgio”, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, os três com direção de Jacques Audiard; e ainda “Saint Laurent”, de Bertrand Bonello. Cheysson, por sua vez, é experiente em escrever roteiros para documentários, com destaque para “Les Dix”, e séries televisivas, como “DMM City”, exibida na TV francesa.

O elenco

Além do próprio Thomas Salvador, que dirige e protagoniza o filme no papel-título, o filme também tem no elenco Vimala Pons, intérprete de Lucie, que se torna namorada de Vincent; e Youssef Hajdi, no papel de Driss, amigo e colega de trabalho do herói.

Vimala Pons é uma jovem atriz nascida na Índia, com 20 anos de carreira e participação em filmes importantes, entre eles “Vocês Ainda Não Viram Nada!”, de Alais Resnais; “À Sombra de Uma Mulher”, de Philippe Garrel; e o recente “Elle”, de Paul Verhoeven, protagonizado por Isabelle Huppert. Vimala é, hoje, uma das mais proeminentes jovens atrizes francesas.

O ator francês Youssef Hajdi está em várias em séries de TV e também está no elenco de longas como “Micmacs – Um Plano Complicado”, de Jean-Pierre Jeunet; “As Múmias do Faraó”, de Luc Besson; e “Gibraltar”, com direção de Julien Leclercq, e protagonizado por Gilles Lellouche, Tahar Rahim e Riccardo Scamarcio.

O diretor

Thomas Salvador nasceu em 1973, em Paris, França. É um bem sucedido diretor de curtas, com filmes selecionados em importantes festivais, como a Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes, que premiou o curta “Petits Pas”, em 2003. O diretor ainda conquistou o prêmio Jean Vigo com “De Sortie”, em 2006. Tem no currículo trabalhos como “Une Rue Dans Sa Longueur” (2000), “Là, Ce Jour” (2001), “Petits Pas” (2003), “Dans la Voie” (2004), e “De Sortie” (2005). Como ator, ele trabalhou também nos longas “Skorecki Devient Producteur”, de Louis Skorecki, e “Se Ami La Vita” (2015), de Renato Toffoli. Estreia como diretor de longas-metragens com “Tudo Sobre Vincent”.

A fotografia

A elogiada direção de fotografia leva a assinatura de Alexis Kavyrchine, responsável pelas imagens de outros filmes prestigiados como “L’Enfance du Mal”, de Olivier Coussemacq; “Pauline et François”, de Renaud Fely; “Je Ne Suis Pas Un Salaud”, de Emmanuel Finkiel; “La Femme de la Plaque Argentique”, de Kiyoshi Kurosawa; e “Une Vie Ailleurs”, de Olivier Peyon, ainda inédito.

A montagem

Neste filme Guillaume Saignol faz a sua estreia como montador de longa-metragem, após trabalhar como assistente de edição em diversos filmes famosos, como “Fuga Pela Vida”, de Eric Valette; “Além do Arco-Íris”, de Agnès Jaoui; “L’Apollonide – Os Amores da Casa de Tolerância”; e “Saint Laurent”, ambos de Bertrand Bonello.

Curiosidades

-Thomas Salvador, além de co-escrever, dirigir e atuar, também responde pelos efeitos especiais do filme.

-A produtora, Julie Salvador, é a irmã mais velha do diretor e ela já produziu filmes famosos como “Medos Privados Em Lugares Públicos”, “Ervas Daninhas” e “Vocês Ainda Não Viram Nada!”, todos esses dirigidos por Alain Resnais.

-As filmagens aconteceram no sul da França, no rio Gorges Du Verdon, na Provença, incluído a região de Côte d’Azur, e também no Canadá.

vincentposter01

Imprensa internacional:

“Thomas Salvador leva o espectador para seu mundo imaginativo de forma sedutora, num tipo de comédia silenciosa.” (The Hollywood Reporter)

“Um trabalho tão charmoso e harmonioso, não convencional e ainda acessível ao público em geral. Surpreendente.” (Untitled Magazine)

“O retrato sensível de um herói discreto, que remete à época de Charlie Chaplin e Buster Keaton.” (GQ Magazine)

“Original, engraçado e espetacular.” (Le Figaro)

“O amor aparece em alguns gestos de carinho e afeto, o humor encontra outras maneiras além das palavras. Às vezes é preciso uma sobrancelha levantada, mas principalmente em situações improváveis que dão origem ao redor de uma força vinda de Vincent, que muitas vezes é desajeitado para fazer o bem.” (Le Monde)

“Um primeiro longa-metragem repleto de inventividade e de graça poética sobre a história de um homem que fica muito mais forte quando se molha.” (Les Inrockuptibles)

“Por vezes plenamente coerente na progressão narrativa, em tom e atmosfera, e outras vezes sequências memoráveis e autônomas, mas sempre envolventes, poéticas ou lúdicas, Tudo sobre Vincent, falso filme de super-herói antissocial, tem tudo para ter uma carreira promissora.” (Time Out)

“Os curtas-metragens de Thomas Salvador já eram, há muito tempo, uma das mais belas promessas do cinema francês. Promessa está muito bem entregue com seu primeiro longa-metragem como diretor.” (Les Cahiers du Cinema)

“Fãs adultos de contos de fadas vão ficar encantados, e seus filhos intrigados, por um pequeno, distinto projeto que tem a rara virtude de saber exatamente o que são os limites da verdade.” (The Hollywood Reporter)